domingo, 4 de março de 2012

Rio Zêzere...Tropa...Rio Tejo...

A manhã mostrou-se finalmente com o aspecto que já à alguns meses deveria apresentar...céu nublando, com algumas ameaças de chuva e até mesmo uns ligeiros pingos! Estamos no Inverno... apesar de não ser bom para a nossa prática desportiva a chuva está a fazer imensa falta à nossa agricultura!
Alinhámos assim por volta das 8h30 em São Lourenço para darmos início a mais uma sessão de BTT dominical. Hoje resolveu-se ir a descoberta de novos trilhos para as zonas de Constância e Tancos...percorreu-se assim os campos de cultivo nas margens do Rio Tejo.
Continuamos então em direcção à Quinta de Santa Bárbara, com o objectivo de alcançar o Centro de Ciência Viva. Pelo caminho fizemos uma boa subida com o Tejo a ficar pelas nossas costas...

Sempre em estradão pelo meio dos Eucaliptos, com algumas subidinhas pelo meio lá alcançamos o Centro de Ciência Viva. Aproveitou-se para apreciar as vistas e comer uma barrita...e segui-se viagem, novamente em descoberta!
Isto de andar à descoberta é bastante bom...pois nunca se sabe o que nos espera ao fim de um longa descida, neste caso foi um verdadeiro presente! Uma vista panorâmica lindíssima sobre Rio Zêzere...vista esta que nós acompanhou ao longo de um serpentear das encostas na margem do Rio Zêzere, culminando com um bela subida técnica.
Bem isto até agora tem sido só miminhos...é vista para o Tejo, Zêzere, zonas técnicas...uma delicia! Mas isso aqui para este lados não se admite, passagem pelo campo militar de Tancos e altura de malhar no ferro, flexões, abdominais, etc etc...a malta tem estar rija a 100% , faltou foi o labruja do Paulican que tem curso superior nesta área, mas ultimamente anda muito fraquito!
Parecem Hércules...por este andar ficam rijos como o aço, ou não!
Acabada a instrução militar, seguimos para a zona de Almourol. Percorrendo um belo single track, aberto pelo GCBarquinhense
Depois de dois belos Single Tracks nesta zona, chegou-se a hora de regressar a Abrantes. Percorrendo os ditos singles desta vez em sentido contrário, a subir também são muito giros. Com isto são 11h, optamos por regressar pelo estradão do milho junto ao Tejo para chegarmos a tempo de ver a cerimonia de entrega dos prémios das 24h do Pt Open XCR. Chegámos mesmo na altura certa, a tempo de aplaudir este bravos homens que percorreram ao longo de 24h os trilhos deste magnifico circuito!
Percorremos assim 60km, com umas belas descobertas de trilhos na zona de Constância, com paisagens espectaculares fazendo um belo treino de 02:50!

Sem comentários:

Publicar um comentário